Sintep chama Estado de caloteiro e Seduc promete pagar professores de curso pré-Enem neste mês

Áudio

Por Vinícius Antônio

Texto do áudio:
O Sintep, Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso, acusou o Governo do Estado de “dar calote nos professores”.

A entidade afirma que a Seduc, Secretaria de Estado de Educação, contratou professores para atuarem no curso preparatório para o Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, que aconteceu entre outubro de 2020 e janeiro de 2021, e até agora não pagou os profissionais.

Segundo o Sintep, a promessa era de pagamento em três parcelas de mil e 100 reais.

Ainda de acordo com o sindicato representante da categoria, até o momento não foi identificado o pagamento dos serviços prestados e nem existe previsão de quando o Estado vai efetuar a remuneração.

O presidente do Sintep, Valdeir Pereira, afirma que a sensação das pessoas contratadas é de muita enrolação e de um possível calote por parte da Seduc.

Sonora: Valdeir Pereira

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, comentou o fato. Segundo ele, o problema foi resolvido, e até o meio do mês de maio, o valor estará na conta dos servidores.

Sonora: Alan Ponto

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.