Queiroga defende o uso de máscara e diz que Fiocruz vai produzir IFA

Áudio

Por Nelson Lin, Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, esteve presente, na manhã desta segunda-feira (3), em um evento da Fiesp, a Federação das Indústrias do estado de São Paulo. Ele apresentou algumas propostas e defendeu as medidas tomadas até agora pela pasta.

Queiroga afirmou que defende desde sua posse o uso de máscaras e disse que 18% da população brasileira já está vacinada com duas doses da vacina contra a covid-19. Ele disse também que, graças aos investimentos em pesquisa do Ministério da Saúde, o país terá produção de IFA, insumo farmacêutico ativo em território nacional no terceiro trimestre deste ano por meio da Fiocruz.

Ele também disse que o ministério está estudando formas de viabilizar o primeiro coquetel de medicamentos contra a covid-19 o regen-cov para o SUS. Além disso, o ministro Queiroga também afirmou que é necessário encontrar medidas para evitar aglomerações principalmente no transporte público.

A expectativa é que o ministro Marcelo Queiroga faça a mesma apresentação nesta quinta-feira na CPI da Covid-19 no senado.

Edição: Paula de Castro/ Beatriz Arcoverde

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.