Ministério Público recomenda a candidatos que não provoquem aglomerações e nem distribuam santinhos

Áudio

Por Sapicuá Rádio News – Voz: Vinícius Antônio

Texto do áudio:
Seguindo as orientações do “Plano de Segurança Sanitária – Eleições Municipais de 2020” elaborado pelo TSE, Tribunal Superior Eleitoral, o Ministério Público Federal e o Ministério Público de Mato Grosso notificaram os partidos e candidatos para que observem, durante a campanha e eleições, as medidas sanitárias e de higiene para a prevenção de contágio pelo coronavírus.

 

A recomendação foi assinada pelo procurador regional Eleitoral, Erich Masson, e pelo procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira.

 

Entre as medidas recomendadas estão os cuidados sanitários nos comitês ou locais de reuniões político-partidárias, além de evitar a realização de eventos que provoquem aglomeração de pessoas como comícios, carreatas, passeatas, caminhadas, reuniões e confraternizações.

 

Os MPs solicitaram também que os candidatos abram mão da distribuição de materiais impressos como cartilhas, jornais e santinhos. Os candidatos deverão ainda evitar o contato físico com o eleitor.

 

Para o dia das eleições, a recomendação é para que os candidatos evitem levar acompanhantes ao local de votação e também não mantenham contato físico com eleitores, mesários e fiscais.

 

Além disso, deverão observar a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção individual nos locais de votação e se atentar para a vedação de distribuição de qualquer material impresso.

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.