Levantamento mostra que Mato Grosso foi o vice-campeão brasileiro em arrecadação de ICMS

Áudio

Por Jurandir Antonio – Voz: Vinícius Antônio

Texto do áudio:
A arrecadação de ICMS, Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, em Mato Grosso registrou o segundo maior crescimento entre julho e agosto deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado.

 

É o que aponta um levantamento realizado pela Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais e pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas.

 

O aumento no estado foi de 12,68%. Mas a maior alta aconteceu em Roraima, onde o avanço foi de 17,38%.

 

Ao todo, 14 estados tiveram aumento na arrecadação nesse período. Depois de Mato Grosso, está o Pará, com crescimento de 12,55%.

 

Os piores desempenhos foram observados no Acre, Piauí e Rio Grande do Norte.

 

O aumento é atribuído ao pagamento do auxílio emergencial durante a pandemia.

 

De tudo o que é arrecadado diretamente pelos estados, o ICMS é responsável por cerca de 80%.

 

Os maiores aumentos de arrecadação do tributo foram observados nos estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

 

Proporcionalmente, a população dessas regiões foram as mais beneficiadas pela distribuição do Auxílio Emergencial.

 

Nos estados do Centro-Oeste, o bom desempenho do agronegócio, com o aumento da renda no campo e o impacto na economia local, também contribuiu para a melhora na arrecadação de ICMS.

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.