Com período de seca, produção diminui e preço do leite dispara em Mato Grosso

Áudio

Por Vinícius Antônio

Texto do áudio:
A produção de leite caiu no estado de Mato Grosso.

 

Segundo o Imea, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária, houve uma redução de 5% de janeiro a julho de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado.

 

O período de estiagem e a seca em Mato Grosso são apontados como razão para essa redução na produção leiteira, já que para o gado produzir, é necessário que esteja bem alimentado.

 

Quando não há pasto, é preciso alimentar os animais com ração, o que aumenta o custo para o produtor.

 

O preço do leite subiu 38,6% em um ano e está sendo vendido a um real e 50 centavos, o litro.

 

Os dados apontam que a seca foi mais severa neste ano para os criadores. Com a baixa produção nas propriedades, muitas indústrias passaram a importar leite de outros países.

 

Segundo a Secretaria de Comércio do Governo Federal, as importações aumentaram quase 40% entre junho e julho.

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.