Atendimento presencial na Assembleia Legislativa de MT só volta no ano que vem

Áudio

Por Jurandir Antonio – Voz: Vinícius Antônio

Texto do áudio:
A Assembleia Legislativa de Mato Grosso deve continuar com as sessões remotas como prevenção à covid-19, pelo menos, até janeiro de 2021.

 

Sendo assim, além das sessões plenárias, outras reuniões de comissões permanentes, temporárias e audiências públicas serão de forma virtual. O atendimento ao público externo também continua suspenso.

 

A decisão administrativa segue recomendação feita, esta semana, pela Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social, como medida de prevenção para prevenir a infecção e a propagação do novo coronavírus.

 

A recomendação foi feita pelos deputados Dr. Eugênio, do PSB, Dr. João, do MDB, Lúdio Cabral, do PT, e Dr. Gimenez, PV, em resposta a uma consulta do presidente da casa, deputado Eduardo Botelho, do DEM, que solicitou parecer da comissão acerca da viabilidade de retorno do funcionamento integral da Assembleia Legislativa.

 

O deputado Lúdio Cabral, que é médico sanitarista, sugeriu que as medidas sejam mantidas até o encerramento do ano legislativo e voltem a ser discutidas no início do próximo ano, sendo acompanhado pelos demais parlamentares.

 

“Nós ainda precisamos conservar esse modelo híbrido de funcionamento e, a partir de janeiro, dependendo de como tiver a curva da epidemia, podemos retomar o funcionamento normal”, destacou o parlamentar.

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.