Alertas de desmatamento tiveram redução nos últimos seis meses em MT

Áudio

Por Vinícius Antônio
Texto do áudio:

Nos últimos seis meses, Mato Grosso diminuiu os alertas de desmatamento.

 

A redução é de 31,5% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

 

O dado oficial é do DETER, Sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real do INPE, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

 

Entre agosto de 2020 e janeiro deste ano houve o alerta de desmatamento para 673 quilômetros quadrados no estado, enquanto no ano anterior foi detectado o corte raso de 983 quilômetros quadrados, o que significa uma redução de 31,5% no período. 

 

Agosto é o mês de início do ciclo de monitoramento dos índices.

 

Para a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, a redução é resultado da política estadual de tolerância zero, e dos investimentos na prevenção e combate ao desmatamento e incêndios.

 

Ela afirmou que o governo está fortalecendo o combate às ações ilegais com monitoramento em tempo real do território mato-grossense, tanto das queimadas quanto do desmatamento.

Segundo Mauren, a desmobilização dos infratores com as apreensões de equipamentos utilizados no desmatamento, o embargo da área, e a aplicação de multas, também possibilitam o fortalecimento de quem trabalha na legalidade.

Em janeiro de 2021 houve a maior redução do período, com queda de 63% na área de alerta de desmatamento.

Em agosto, início do ciclo de monitoramento, o índce foi de -22%, em setembro, -47%, outubro manteve o desmatamento equivalente ao ano anterior, novembro, -19%, e dezembro -6%. 

 

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.