Sete em cada 10 mato-grossenses consideram a sua saúde boa ou muito boa

Áudio

Por Jurandir Antonio – Voz: Vinícius Antônio

Texto do áudio:
A proporção de pessoas de 18 anos ou mais de idade com autoavaliação de saúde boa ou muito boa foi de 68,6%, ou seja, um milhão e 721 mil pessoas, em Mato Grosso no ano passado, aponta o quarto volume da Pesquisa Nacional de Saúde 2019.

 

Os homens fizeram uma autoavaliação de sua saúde mais positiva do que as mulheres: 72% dos homens, ou 870 mil deles, consideraram sua saúde como boa ou muito boa, contra 65,3% das mulheres, que representa 851 mil pessoas do sexo feminino.

 

Entre a população de 18 a 29 anos de idade, a autoavaliação de saúde foi boa ou muito boa para 83,6%.

 

A taxa passa para 69% entre quem tem de 30 a 59 anos, para 42,1% entre quem tem de 60 a 64 anos, para 43,8% na população de 65 a 74 anos e para 45,3% entre quem tem 75 anos ou mais.

 

Em relação ao nível de instrução, quanto maior a escolaridade maior a satisfação da população: 51,9% para pessoas sem instrução e fundamental incompleto, 66,7% para pessoas com fundamental completo e médio incompleto, 78,8% para quem tem médio completo e superior incompleto e 85,4% para pessoas com superior completo.

 

A Pesquisa Nacional de Saúde 2019, pesquisa do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, realizada em convênio com o Ministério da Saúde, contempla, neste volume, autopercepção do estado de saúde, estilos de vida, doenças crônicas e saúde bucal.

 

O levantamento também inclui dados sobre hábitos alimentares, atividade física, diabetes e depressão.

 

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.