Após decisão do TSE, Mauro Mendes pode apoiar dois candidatos ao Senado

Áudio
Download do arquivo abaixo: (ou botão direito em salvar link como)

Foto da manchete: reprodução

Por Vinícius Antônio

Texto do áudio:

O TSE, Tribunal Superior Eleitoral, decidiu, esta semana, que partidos políticos podem apresentar candidatos ao Senado de forma independente.

Além disso, segundo entendimento do TSE, partidos que compõem a mesma coligação na disputa por um governo estadual podem apresentar mais de um candidato a senador.

Por unanimidade, os ministros decidiram que podem os partidos coligados ao cargo de governador lançar, individualmente, candidatos para senador e pode um partido, sem integrar qualquer coligação, lançar, individualmente, candidato ao senado.

Para ficar mais claro, vamos citar o caso do governador Mauro Mendes. O chefe do executivo está dividido, quando o assunto é seu apoio a um candidato ao Senado.

Nesta eleição, os mato-grossenses devem escolher apenas um senador. E assim, foi criada uma verdadeira novela já que Wellington Fagundes, do PL, e Neri Geller, do PP, buscam o apoio de Mendes em seus palanques eleitorais.

Com a decisão do TSE, Mauro está livre para pedir voto para os dois candidatos, sem ter que escolher apenas um lado, já que, tanto Neri, quanto Wellington, são de grande importância para o governo estadual na gestão de Mendes.

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.