Disfunção sexual é um problema que afeta grande parte das mulheres, diz especialista

Áudio

Por Jurandir Antonio – Voz: Vinícius Antônio

Texto do áudio:
A disfunção sexual, muito conhecida no ciclo masculino, também atinge grande parte das mulheres pelo mundo.

Este distúrbio está ligado à falta de desejo sexual da mulher ou até mesmo o aparecimento de dores durante a relação sexual, o que acaba trazendo dificuldades em manter a mulher excitada ou atingir o orgasmo.

O que acontece é que muitas dessas mulheres se culpam por não alcançarem a satisfação sexual sem saber que muitas vezes podem apresentar um problema físico ou psicológico e sofrem ainda mais por ter vergonha de procurar ajuda médica.

Para a fisioterapeuta pélvica, Aline Bragança, o problema acontece porque nos últimos anos, a mulher além de mãe e esposa, assumiu uma lista de papéis importantes na sociedade, inclusive no mercado de trabalho.

Com isso, o acúmulo de tarefas aumenta a produção de adrenalina e cortisol, principais hormônios que causam estresse e reduzem a libido.

Para Aline, a velha e boa conversa com o parceiro pode mudar totalmente a dificuldade no sexo do casal, pois dores de cabeça, sono e cansaço não podem ser apenas desculpas, já que as alterações hormonais também resultam na falta de desejo sexual.

Cansaço, estresse, briga com o parceiro, sedentarismo, filhos, envolvimento com o trabalho, podem tirar o foco da vida sexual, porém, a ausência de vontade por muito tempo pode sinalizar um problema.

“A mulher vive sob influência de ciclos e com o abuso de antidepressivos e anticoncepcionais estas etapas são roubadas ao longo da vida além dos períodos como gravidez e menopausa", explicou Aline Bragança.

 

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.