Dados do WhatsApp serão compartilhados com Facebook; regra gera temor

Áudio

Por Gésio Passos - Brasília

Mudanças nos termos de uso do WhatsApp, que são as regras do aplicativo, assustaram muitos usuários de um dos serviços de mensagens mais usados no país.

O WhatsApp anunciou que dados pessoais dos usuários do aplicativo serão compartilhados com outras empresas do grupo Facebook, que adquiriu o programa em 2014.

Para usar o aplicativo, será obrigatório aceitar as mudanças. Caso contrário, o usuário terá que escolher outro programa de troca de mensagens. O WhatsApp ainda vai permitir ao usuário apagar a conta caso não aceite os termos.

As mudanças passam a valer a partir do dia 8 de fevereiro.

O jornalista Bruno Marinoni se espantou com as mudanças. Ele avalia se vai compensar continuar usando o WhatsApp.

Informações pessoais, como o número do telefone e atividades realizadas no aplicativo, além de formas de interação com outras pessoas e empresas, serão compartilhadas. Mas o conteúdo das conversas continua sendo sigiloso.

Christian Perrone, Coordenador da área de Direitos e Tecnologia do Instituto de Tecnologia e Sociedade, ITS Rio, afirma que o usuário tem que levar em consideração o risco do uso dos dados pela controladora do aplicativo.

Em nota, o WhatsApp informou que a mudança na política de privacidade foi para aumentar a transparência com o usuário, podendo oferecer mecanismos de comércio no aplicativo de forma segura.

O WhatsApp afirmou que a decisão não muda as práticas de compartilhamento de dados com o Facebook. E que permanece comprometido com a proteção da privacidade das pessoas.

Um dos aplicativos concorrentes do WhatsApp, o Signal, teve recorde de downloads na última semana e é uma das opções para quem quer usar outro mensageiro instantâneo. Existem outros programas que também são alternativas, como o Telegram, Librem Chat e o Wire.

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.