Brasileiros terão mais facilidade para retirar documentos no exterior

Áudio

Por Lucas Pordeus Leon - Brasília

Brasileiros que vivem no exterior ou estão em viagem internacional podem ter mais facilidade, a partir de agora, para retirar documentos em unidades do ministério das relações exteriores. Uma carta de intenções nesse sentido foi assinada nesta sexta-feira (20) entre o Itamaraty e a Arpen-Brasil, a Associação Nacional de donos de Cartórios.

O documento vai permitir o acesso, pelo Itamaraty, aos bancos de dados dos cartórios de todo o país. O secretário geral das Relações Exteriores, Otávio Brandeli, destacou a importância do serviço prestado pela instituição em outras nações.

A troca de informações entre os consulados e os cartórios deve permitir ao brasileiro retirar no exterior, com mais facilidade e rapidez, certidões de nascimento, casamento, óbito, documentos de compra de imóveis ou mesmo constituir empresas sem necessidade de entrar em contato com cartórios no Brasil.

A empresária brasileira Daniela Latham mora na Inglaterra e conta a dificuldade para conseguir pegar alguns documentos onde vive.

Após o acordo assinado nesta sexta-feira (20), as entidades de registro civil devem encaminhar ao Conselho Nacional de Justiça uma proposta para que todos os atos de registros de brasileiros no exterior sejam remetidos eletronicamente aos cartórios das cidades de origem dos brasileiros que vivem em outro país.

Edição: Joana Lima

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.