Biden assina decretos para acelerar vacinação contra covid-19

Áudio

Por Lúcia Müsell, da Rádio França Internacional - Paris

Logo após a posse, o presidente americano, Joe Biden, assinou três decretos que dão novo direcionamento no combate à pandemia. E, nesta quinta (21), ele deve assinar outros dez, especificamente para enfrentar o coronavírus, que matou 4.200 americanos nas últimas 24 horas. A vacinação será acelerada e a realização de testes, melhorada.

O governo vai recorrer a uma legislação emergencial para viabilizar o aumento da produção de produtos sanitários, como máscaras e seringas. O presidente determinou o uso obrigatório da proteção facial no transporte entre os estados, nos prédios federais e pelos funcionários do governo.

O país está, desde já, de volta à Organização Mundial da Saúde. O conselheiro de saúde da Presidência declarou nesta quinta (21) que os Estados Unidos pretendem liderar uma aliança global para proporcionar vacinas para os países pobres.

Comentar

HTML restrito

  • Você pode alinhar imagens (data-align="center"), mas também vídeos, citações e assim por diante.
  • Você pode legendar imagens (data-caption="Texto"), mas também vídeos, citações e assim por diante.